gravadora

Título: Alexandre Gismonti
Ano: 2009
Número: 020
Comprar

Chega a ser uma proeza acreditar no que estamos ouvindo. Ou se estamos mesmo ouvindo o que estas gravações mediaram para nós: dedos de carne e osso e um violão de pau e cordas numa criação assombrosa de um lado, e nossos ouvidos incrédulos e extasiados, do outro.

Estas gravações colocam ao nosso alcance o milagre da música despencando do alto da sua morada celeste para nos atingir em cheio, corpo e alma, sem apelação. Alexandre, como um menino mago, vai mexendo, desassustado, em tudo que ele encontra nessa morada celestial da música, escolhendo entre os brinquedos os que mais se parecem com os da sua morada terrena: o samba, o baião, o choro, a toada, a velha canção. Tudo que seu pai – primeiro mestre – lhe ensinou a admirar. Como um menino com mãos de mago, Alexandre vai derrubando as prateleiras de ritmos e tons e deixando que a vertigem de sua juventude e o estampido do seu poderoso talento vão provocando essa avalanche, isso que afinal escutamos neste disco.

Alexandre Gismonti, o herdeiro de uma longa tradição dos violões, chegou lá. Aonde todos nós, amantes de um bom pinho, sonhamos chegar. Com os seus dois amigos ele toca aqui, nestas gravações, toda ou quase toda a música que amamos e pela qual sempre estivemos a esperar. Pela emoção que sinto fico pensando o que não deve sentir meu querido violeiro Egberto!

Salve, Alexandre. Bem-vindo ao templo dos violões imortais!!!

Gilberto Gil

 

 

2014 Fina Flor - Todos direitos reservados - Powered By ADS Hosting