gravadora

Título: Voz e Violġes
Ano: 2016
Número: 00013
Comprar

01-    MESTRE       
Autor(es):    Dori Caymmi | Paulo César Pinheiro       
Intérprete:    Alice Passos | Dori Caymmi   
   
02-    QUADRANÇA       
Autor(es):    Sérgio Santos | Paulo César Pinheiro       
Intérprete:    Alice Passos | Sérgio Santos   
   
03-    PIRAIA-GUARÁ       
Autor(es):    Mario Gil | Paulo César Pinheiro       
Intérprete:    Alice Passos | Mario Gil       

04-    APARIÇÃO       
Autor(es):    Miguel Rabello | Roberto Didio       
Intérprete:    Alice Passos | Migue Rabello       

05-    NEM CAIS, NEM BARCO       
Autor(es):    Guinga | Aldir Blanc       
Intérprete:    Alice Passos | Guinga       

06-    PRETA BÁ       
Autor(es):    Pedro Messina | Chico Alves       
Intérprete:    Alice Passos | Pedro Messina       

07-    SERTÃO DO VALE       
Autor(es):    Zé Paulo Becker | Mauro Aguiar       
Intérprete:    Alice Passos | Zé Paulo Becker       

08-    TOQUE DE AMOR       
Autor(es):    João Lyra | Zé Rocha       
Intérprete:    Alice Passos | João Lyra   
   
09-    DUAS ESTRELAS       
Autor(es):    Theo de Barros | Paulo César Pinheiro       
Intérprete:    Alice Passos | Theo de Barros       

10-    ASSOMBROS       
Autor(es):    João Camarero | Paulo César Pinheiro       
Intérprete:    Alice Passos | João Camareiro       

11-    LEMBRANÇA VIVA       
Autor(es):    Julião Pinheiro | Paulo César Pinheiro       
Intérprete:    Alice Passos | Julião Pinheiro       

12-    SEM PALAVRAS       
Autor(es):    Francis Hime | Thiago Amud       
Intérprete:    Alice Passos | Thiago Amud       

13-    SAMBA DE MESTRE       
Autor(es):    Maurício Carrilho | Paulo César Pinheiro       
Intérprete:    Alice Passos | Maurício Carrilho   
   

Alice fez um belíssimo disco. Escolheu bem o repertório e teve uma ótima ideia: cantar acompanhada pelos violões dos próprios compositores. Alguns, inclusive, emprestando, também, a voz, o que dá um charme especial ao que já tinha ficado bem bonito. Só essa sacada já valeria a qualidade do trabalho, mas ela está cantando muito bem, segura e afinada.
    Este disco lhe dará oportunidade para muitos outros, espero ! O resto é experiência que virá se somar ao profissionalismo que já tem.
    Vá em frente, moça, e boa sorte.

Paulo César Pinheiro


    Velhota e rabugenta que sou, não ouço mais música, não me interesso por nada e quero ficar sossegada no meu canto, na ilha onde moro.   
    E me vem essa menina, que conheço desde antes dela nascer, com um disco que ela fez. Sou fã de carteirinha, há anos, da Mariana, a irmã: a beleza da voz e a emoção.
    E Alice me trouxe o disco, explicou tudinho, falou e anotou os compositores e violonistas. Determinada, a moça. Achei bonito, mas guardei o disco, rabugenta que sou.
    Hoje resolvi aproveitar o luar de Paquetá pra escutar o disco novamente. Fui pra varanda, comecei a voltar as faixas, escutando cada detalhe. Uma lágrima me incomodou um bocadinho, mas as outras lágrimas me derrotaram.
    Alice, que a gente acostumou a chamar de Di Menor, porque chegava junto desde criancinha, cheia de decisão, de opinião, cheia de talento. Cresceu com Cuca, a cachorra que morreu hoje.
    Alice canta lindo, as músicas são todas lindas, os violões são o máximo. Que disco!
    Alice consegue desmoronar essa pedra dura que sou eu. Alice e toda a família. E Cuca.

Cristina Buarque



Selo Ponto G
produção executiva
Carlos Gomide

Realização
FINA FLOR
direção artística
Ruy Quaresma


Produzido por Maurício Carrilho



idealização
   Bia Paes Leme | Ignez Perdigão

concepção
   Alice Passos

estúdio Alcatéia Rio de Janeiro    gravação Jadir Florindo
(faixa 8)  estúdio Dançapé São Paulo    gravação Mario Gil
estúdio Igapó Rio de Janeiro    edição | mixagem Felipe Larrosa Moura
masterização Luigi Hoffer
fotografia Márcia Moreira
projeto gráfico Vivian Faingold

2014 Fina Flor - Todos direitos reservados - Powered By ADS Hosting